05/11/2009

A carta 6


Depois do sermão de seu orlando, Nando e Clara ficam livres pra namorar e fazer o que a consciência dos dois mandar. Depois de um dia juntos na casa de seu orlando, eles já se conhecem melhor e o pai da moça já tem certeza que pode confiar em Nando. O dia passa rápido e Nando quase perde a hora de voltar para a pensão, com tudo acertado entre Nando e Clara, ele se despede da família da moça e volta pra pensão, pois ele tem que se preocupar em seu emprego. Lá na fábrica já ta tudo certo para começar a trabalhar, mas o dia de domingo ainda está longe de acabar, na pensão uma surpresa o aguarda, na noite anterior, na delegacia onde Marcelo estava preso, o carcereiro foi levar comida aos presos e quando chegou à cela, foi rendido pelos marginais que estavam lá presos. Um dos presos segurou o carcereiro e os outros tomaram as chaves das grades e prenderam o carcereiro em uma das celas, deixando as outras livres, entre os bandidos lá presos estavam: Marcelo, polaco, André e outro que estava preso por matar uma mulher com dois tiros para roubar a sua bolsa, a mulher acabara de sair do banco com uma bolsa cheia de envelopes com dinheiro dentro e o bandido seguiu ela até uma rua menos movimentada no centro de Joinville e a matou, fugindo logo em seguida, com a ajuda de uma testemunha que viu e chamou a policia ele foi preso e estava lá na cadeia esperando para ser transferido para o presídio de Joinville até que ficou totalmente livre para sair da cadeia com a rendição do carcereiro, Marcelo que esperava para ser transferido também e aproveitando-se da oportunidade ele não pensou duas vezes e fugiu, mal sabia ele que não ficaria por muito tempo preso, pois seria solto logo que a policia conseguisse prender o outro ladrão que roubou a farmácia e levou Marcelo como laranja só pra levar a culpa do roubo. Pois é. Marcelo fugiu da cadeia e complicou a sua situação, depois da fuga ele vai direto para a pensão, Marcelo passa a noite toda rondando a pensão e quando Nando sai, Marcelo entra na pensão e vai direto ao quarto de Nando, quebrou a porta, rasgou as roupas de Nando, como dona Janete não estava na pensão, pois tinha acabado de sair pra assistir a missa na igreja do bairro, Marcelo se aproveitou da situação e fez um estrago no quarto de Nando. Quebrou tudo e ainda levou o radinho que era de dona Janete. Fez tudo isso como vingança por achar que Nando havia lhe entregado para a polícia, como não achou dinheiro, levou o que tinha valor de dentro do quarto e foi para a casa do seu irmão Marcos.

1 comentários:

Vera disse... at 19 de dezembro de 2009 19:26

Na noite de Natal olhe para o céu e procure a estrela guia.
Na imensidão dessa pintura que é o céu, uma estrela vai brilhar mais intensamente pra você.
Essa é a sua estrela.

Olhe nessa direção e pense em Jesus.
Lembre-se que há mais de 2000 anos atrás, uma estrela anunciou a sua chegada.
Imagina-te cercada de luz por sua estrela.
Acalme seu coração.
Esqueça os problemas do ano que acaba.
Concentre-se na luz. Concentre-se nas possibilidades que se abrem com um novo ano. Peça saúde e paz..

Que neste Natal, seus olhos apontem mais do que um caminho e te mostrem a direção correta.
Que seus braços sirvam de amparo para os que caem pelo caminho.
Que seus pés levem socorro aos infelizes.
Que seu lindo sorriso, palavras, continuem sendo doce, seja mais constante e sirva de consolo aos que choram.
Que suas e elevem qualquer pessoa.
Que o seu coração se abra e receba a luz.
Que a sua vida seja luz.

Que seu maior amigo seja sempre Ele, Jesus.
Que neste Natal, seu maior presente seja a paz de Cristo

Antes de abraçares qualquer pessoa, primeiro aprenda a gostar de você,
amar-te como és e acima de tudo, aprenda a respeitar-te.

Na noite de natal, gostaria de ver-te muito, muito feliz.

Um Natal super feliz para você e todos aqueles que você tanto ama!