22/08/2009

O início de uma grande carreira (3)


Vamos até lá.
- posso fazer uma pergunta. Diz Nando
- pode sim. Diz Valéria.
- expedição? O que eu vou fazer lá. Pergunta ele.
- calma! Diz ela, eu vou explicar tudo, na expedição você vai conferir os números de lote e data de
fabricação em cada caixa no momento em que elas estarão sendo encaminhadas para serem carregadas
nos caminhões durante o seu turno você vai anotar tudo nas planilhas de embarque e passar para os
encarregados do seu turno. Explica Valéria.
E ela ainda continua a explicar para Nando mais algumas coisas que ele vai ter que cumprir depois quando estiver trabalhando em definitivo. E ela continua a dizer: seu salário será de duzentos cruzeiros por mês por um período de experiência de noventa dias. Depois disso você terá um aumento considerável conforme o seu desempenho na função que vai desempenhar. Aqui, diz Valéria, mostrando a expedição, será o seu local de trabalho, ali na mesa estão as planilhas de que eu falei antes, só que agora você ainda não tem acesso a elas, mas é só por enquanto pois nos dias em que estiver em treinamento você terá uma explicação mais detalhada de como elas devem ser preenchidas e como você vai poder fazer sem ter medo de errar, explica ela. E começa a apresentar o pessoal: esse aqui é o seu Jorge, ele é o encarregado do setor no seu turno que será das 14:00hs as 22:00hs, ou seja, das duas da tarde as dez da noite com uma parada as seis e meia para o jantar. O seu treinamento vai ser o dia todo, das oito da manhã as seis da tarde, com um intervalo ao meio dia para o almoço, o seu treinamento começa amanhã e vai durar quatro dias, a partir daí você será um dos nossos.
Nando meio sem saber o que dizer de tudo o que está acontecendo, vai seguindo Valéria por todos os cantos da fábrica até chegarem o barracão central. Valéria pede a Nando para ter cuidado com as maquinas e não colocar as mãos em nenhuma delas sem conhecer os riscos que cada uma delas oferece. Máquinas que vão sendo explicadas uma a uma para que Nando conheça bem o lugar onde vai trabalhar, eles passam por todos os setores até chegar no fim do corredor central onde os parafusos são encaixotados e embalados para serem enviados para a expedição onde Nando vai trabalhar, depois de conhecer toda a fábrica e o setor onde vai trabalhar Nando acompanha Valéria até a salinha do departamento de pessoal para assinar os papéis e dar inicio ao treinamento, todos os documentos são conferidos, Valéria pede a Nando que espere um pouco e sai da sala. Dez minutos depois Sandra entra na sala com uma pasta cheia de papéis e ao ver Nando vai logo perguntando. - E aí? Como vai? Já ta tudo certo para sermos companheiros de trabalho. Pergunta ela.
- Tudo certo. Responde ele e completa. Já conheci a fabrica inteira, já fiz os exames e estou ansioso para
começar a trabalhar com vocês.
- Aqui é muito bom de trabalhar, mas vou te dar uma dica importante. Seu Sérgio, o presidente da empresa
é um homem muito sério e não gosta de brincadeiras durante o expediente. Muito cuidado com o que você
diz e faz aqui dentro da fábrica. E principalmente não diga a ninguém que você me conhece. Diz Sandra.
- Não entendi, diz Nando, porque não dizer que eu te conheço. Pergunta ele.
- Aqui não pode entrar parente de ninguém e não podemos ajudar ninguém de fora a entrar aqui, é uma
norma da empresa, responde Sandra.
- Mas você me ajudou a entrar aqui ou não. Pergunta ele.
- Ajudei sim, mas ninguém sabe disso. Fica um segredo só nosso. Tudo bem diz Sandra.
- Tudo bem, diz Nando.

0 comentários: