22/08/2009

Conhecendo a cidade 7


Quase sem acreditar em tudo o que estava acontecendo, Nando vai até a lanchonete para contar as novidades à clara, mas ela já não está lá. Afinal de contas já é tarde e o expediente de clara já tinha acabado. Meio sem jeito ele sai da lanchonete e vai embora, depois de andar muito ele já estava cansado mesmo e precisava estar bem para encarar o outro dia. Chegando à pensão ele vai para o seu quartinho, cansado por ter andado todo o dia ele cai na cama e cochila por alguns instantes, como ele se demora em descer para o jantar, Dona Janete procura Nando no quarto, pois já ta tarde para o jantar, chegando ao quarto ela encontra o rapaz dormindo e decide acordá-lo, Nando leva um susto quando Dona Janete acorda-o, e em poucos instantes ele já está contando tudo o que aconteceu durante o seu dia, Dona Janete diz a ele, olha, faz apenas dois dias que eu te conheço e já posso garantir que você vai se dar muito bem aqui na cidade grande, você é u menino muito bom e o que eu puder fazer pra ajudar eu vou fazer, só tem um problema. Diz ela. E qual é esse problema, pergunta ele. O seu amigo Marcelo, ele não é um bom rapaz, faz mais de um ano que ele está aqui na pensão e até agora eu não ouvi ele falar em trabalho muito menos em procurar um trabalho. Você esta há dois dias na cidade e já está praticamente empregado e o seu amigo ‘pipo’, eu não o mando embora daqui da pensão porque o irmão dele me paga todas as despesas dele aqui, hoje eu posso dizer que você ainda vai me dar muitas alegrias, só fique bem longe do pipo, ele vai te atrapalhar muito se você continuar a andar com ele. Agora vamos descer para jantar que a comida está esfriando.

0 comentários: